Inventário de Charcos: 344 charcos registados e 2 charcos adoptados

Até hoje, temos 344 charcos registados no Inventário Nacional de Charcos!!! Precisamos do contributo de todos para descobrir e registar o maior número de charcos possível!!

Dois charcos foram já adoptados. O primeiro charco a ser adoptado foi o do CERVAS (Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens, estrutura gerida pela associação ALDEIA em Gouveia. Este charco foi criado em Janeiro de 2010 com o objectivo de promover a conservação da biodiversidade, nomeadamente dos anfíbios, assim como servir de ponte de comunicação e de educação ambiental a quem visite o centro, fomentando a adopção e exploração de charcos pelas diversas entidades e particulares.

Neste momento, o CERVAS já dispõe de dois charcos construídos pelos técnicos do centro e com a ajuda de alguns voluntários. A colonização dos charcos foi mais rápida do que se esperava e, após dois meses de acabarem os trabalhos, confirmou-se, além das diversas plantas aquáticas e invertebrados que aí se instalaram, a presença de quatro espécies de anfíbios: salamandra-de-pintas-amarelas (Salamandra salamandra), tritão-marmorado (Triturus marmoratus), tritão-de-ventre-laranja (Triturus boscai) e rã-ibérica (Rana iberica); do grupo dos répteis confirmou-se a cobra-de-pernas-tridáctila (Chalcides striatus) e o licranço (Anguis fragilis). Além destes grupos foram observadas várias espécies de aves, entre as quais a alvéola-cinzenta (Motacilla cinerea) , a alvéola-branca (Motacilla alba) , a carriça (Troglodytes troglodytes) e o pintassilgo (Carduelis carduelis).

Com este charco o CERVAS tem mais uma ferramenta de trabalho que permite desenvolver algumas actividades didácticas e lúdicas para que os visitantes, técnicos, estagiários e voluntários do CERVAS conheçam e percebam a dinâmica das relações biológicas entre os diversos seres vivos que colonizam o charco.

“Charcos com Vida” recebe vista de 60 alunos no Parque da Cidade do Porto

No dia 16 de Dezembro, perto de 60 alunos das escolas do Agrupamento Educativo de Sobreira (EB1 de Aguiar e EB1 de Santa Comba) participaram numa visita guiada pelo CIBIO-Div ao Parque da Cidade do Porto, no âmbito do projecto “Charcos com Vida”, durante a qual tiveram a oportunidade de visitar alguns dos charcos e tanques aí existentes assim como participar no jogo pedagógico “Na pele de um anfíbio: chamamentos”.

Exposição “”Anfíbios: uma pata na água, outra na terra” em V.N. de Gaia

A exposição “Anfíbios: uma pata na água, outra na terra” está agora patente no Parque Biológico de Gaia, até 15 de Janeiro.

A não perder!

Finalmente o FÓRUM dos CHARCOS ganha VIDA!

Está já a funcionar o Fórum dos CHARCOS COM VIDA e convida-se todos a participarem, partilhando dúvidas, esclarecimentos, informações, fotografias e muito mais.